sábado, 18 de setembro de 2010

Mais uma perda

Terça feira, minha avó paterna, que sempre foi muito presente na minha vida, porque sempre moramos perto e porque meu pai é filho único, passou mal pela manhã. Foi para o hospital e fizeram o diagnóstico: um problema na aorta (dissecção de aorta ascentende). A partir daí sabíamos que era grave, eu corri para o hospital, porque a única chance dela seria uma cirurgia. Cheguei lá a tempo, conversamos por uma hora e pouco, falamos sobre várias coisas, tentei deixar a conversa o mais leve possível. No fim, disse o quanto a amava.
E então ela se foi, para a cirurgia. Foram 7 horas e ela resistiu bravamente, mas cerca de 20h depois, no pós operatório, ela faleceu.

Foi embora como queria, não sofreu. E eu não estou triste, sei que foi a hora dela, que pude confortá-la, só sinto um vazio grande e muita, muita saudade.

No velório pude encontrar as amigas dela de anos, desde a época que ela trabalhava na Petrobrás. Elas almoçaram no dia anterior, todo o mês tinha o almoço com as amigas. E ela vivia indo ao teatro, shows... Era muito ativa, mesmo com quase 87 anos. No começo ela não entendia bem porque queríamos casar, já morávamos juntos, estávamos bem assim. Mas no casamento ela se emocionou, depois contou para todo mundo o quanto foi lindo, que eu estava linda, enfim, ficou a avó mais orgulhosa do mundo! E é assim que vou lembrar dela. :)

5 comentários:

Danee disse...

Essa última foto me arrepiou. É linda e reflete bem o que vc descreveu sentir pela sua avó. Que ela esteja em um lugar muito melhor hoje.
beijocas

ღ Cris e Gui ღ disse...

Sinto muito pela sua perda. Passei por isso há pouco tempo.

Que Deus lhe conforte.

Fotos lindas. Me emocionei.

Beijo no coração.

Julli disse...

Eu já olhei essas fotos mil vezes, fico tão feliz de ter podido viver esses momentos com ela!

Obrigada pelas palavras, meninas. :)

Beijos!

Beta Bernardo disse...

Nossa... triste!!
Mas a certeza de que a vida continua em outra dimensão ou nos nossos corações conforta um pouco. Que vc tenha esse conforto!
E que belo registro da sua vózinha no seu casamento. Dia mega feliz!! E um registro que fica pra sempre. Assim como as lembranças de sua vida!
Por essas e outras que amo o que faço! Amo fotografia!

Força e fé!

Bjks, Beta

Julli disse...

Beta, é isso mesmo, as lembranças sempre ficam. :)